Policiais

JARU:Homem arremessa droga de motoneta ao avista viatura do pantamo e é conduzido acusado de tráfico

26 de março de 2020

 

Uma guarnição de Patrulhamento Tático Móvel (Patamo) da Polícia Militar, durante patrulhamento de rotina, avistou um casal em uma motoneta Honda, modelo Biz, que trafegava na rua Princesa Isabel sentido Setor 06, em Jaru.

A guarnição reconheceu o piloto como sendo um conhecido da Polícia com envolvimento no comércio de substância entorpecente na cidade.

Devido a viatura estar em sentido oposto, não foi possível realizar abordagem de imediato no suspeito, sendo preciso realizar uma manobra em sentido contrário, dando tempo dele, que já teria avistado a guarnição, ganhar distância.

A guarnição realizou acompanhamento e viu quando o suspeito convergiu à esquerda na rua Minas Gerais, momento que os policiais observaram que o braço direito fez um movimento arremessando algo na intensão de se desfazer do objeto.

Após alguns metros, em frente a uma oficina, o suspeito havia parado a motoneta e estava conversando com outro homem.

De imediato foi feito uma abordagem policial nos dois e acionado outras patrulhas de serviço para ajudar nas buscas e com uma policial feminina para fazer uma revista pessoal na acompanhante do suspeito.

Nas buscas preliminares nas vestes dos abordados, nada foi encontrado. Ao questionar o condutor da Biz o que estaria fazendo naquele local e perguntado sobre o que teria arremessado, ele disse que foi só conversar com o amigo e após iria em um bar, e que sobre o que teria arremessado, disse não ter jogado nada.

Em contato com a mulher, ela informou aos PMs que teria saído de casa apenas para dar uma volta.

Diante das diversas contradições, a guarnição fez uma maior varredura no local onde teria presenciado o suspeito arremessando algo. Após alguns minutos, foi localizado por um policial uma paranga de substância entorpecente, aparentemente sendo do tipo maconha, armazenada em uma sacola plástica de cor branca. Ainda nas buscas, outro policial localizou uma sacola plástica também na cor branco já em um tamanho maior, que armazenava mais cinco invólucro tamanhos variáveis, da mesma substância

Diante da situação, foi informado o acusado sobre a droga, que apresentou muito nervosismo, inclusive suava muito. Ele afirmou ainda que já teria sido preso com mais de quilo de droga, informou que os PMs poderiam ir até sua residência para fazer buscas.

Com o apoio das guarnições Alfha e Bravo que estavam no local, o Patamo fez deslocamento à rua João de Albuquerque no Setor 01, onde reside com sua amásia. Durante as buscas no imóvel foi localizado uma quantia de R$ 764,00 em espécie, além de mais R$ 45,65 que estavam em sua carteira porta cédula.

No local foi localizado ainda uma substância esbranquiçada em um pacote fechado e outro tanto em um copo descartável, substância não foi possível reconhecer.

Após alguns minutos, fez presença na casa do conduzido um senhor se apresentando como advogado dele e que estaria ali para representá-lo e que acompanharia os fatos.

Diante dos fatos, o casal foi encaminhado a Unisp juntamente com a motoneta, onde foram entregues ao comissário de plantão para medidas cabíveis.

Fonte: Anoticiamais

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *