Politica

Congresso discute adiar eleições municipais 2020 por causa do coronavirus vereadores de Rolim de Moura concordam

Estimativas do ministério da saúde apontam para aumento dos casos entre abril e junho. A situação só se estabilizaria apartir de julho.

13 de abril de 2020

A crise provocada pelo coronavírus e as incertezas sobre a extensão e duração da pandemia levaram congressistas a iniciar um movimento em defesa do adiamento das eleições municipais previstas para outubro de 2020. Nas redes sociais muitos têm se manifestado sobre o assunto, o objetivo é pegar o investimento destinado a campanha politica e investir na saúde em combate ao vírus, em Rolim de Moura (RO), segundo o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Dr. Lauro Lopes, diz que entende os gestores, pois essa pandemia, o reflexo dela e o que já aconteceu em outros países é de grandes proporções e a preocupação é de que o Brasil também venha sofrer, explica.

“Como o mais importante é a vida humana, nós entendemos que todo recurso que for para apoio a saúde pública do cidadão do nosso país é importante e porque não utilizar esse dinheiro que seria destinado para as eleições, então entendo que a oportuno e esse dinheiro pode ser apoiado também para as questões de saúde pública”, destaca o Vereador Dr. Lauro.

Estimativas do Ministério da Saúde apontam para aumento dos casos entre abril e junho. A situação só se estabilizaria a partir de julho.

De acordo com o dirigente, se até julho vigorar ainda a restrição para realização de eventos, as convenções partidárias estariam inviabilizadas. Pela lei eleitoral, o prazo para escolha dos candidatos é de 20 de julho a 5 de agosto.

O ministro do STF Luís Roberto Barroso, que presidirá o TSE a partir de maio, disse que está cedo para discutir mudanças nas eleições. “Estamos em março. As eleições serão em outubro. Não há razão para se cogitar do seu adiamento. A renovação dos mandatos políticos é um dos ritos mais importantes da democracia e da República. Ninguém gostaria de deixar de observá-lo. Tenho confiança de que até lá a pandemia já terá sido controlada”.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *