Geral

Nudes e conteúdos eróticos em celular apreendido pela PF PODEM LEVAR VEREADOR A CONFESSAR CRIMES EM JI PARANÁ


 

Fotos de “partes íntimas” e diálogos picantes acabarão sendo expostos no inquérito

Na semana passada, agentes da Polícia Federal apreenderam vários celulares durante ação contra um esquema criminoso na cidade de Ji-Paraná.  A operação continua causando movimentações políticas e rendendo os mais variados boatos

A investigação, noticiada mira em políticos e empresários da segunda maior cidade de Rondônia, onde o grupo teria se unido para facilitar a aquisição de áreas públicas causando enorme prejuízo aos cofres da prefeitura.

A última notícia que se espalha entre conhecidos e pessoas íntimas dos investigados é que um dos vereadores envolvidos no caso estaria muito preocupado com a possibilidade de vazamentos de conversas suas pelo aplicativo WhatsApp.

O motivo da apreensão do parlamentar, além da comprovação do possível recebimento de vantagens pela aprovação da permuta de terrenos do município, é que no celular dele haveria muitas conversas e fotos eróticas, os chamados “nudes”, que revelariam sua verdadeira orientação sexual.

A aparente homossexualidade do edil não constitui nenhum tipo de crime, mas a revelação dela poderia atingir negativamente parte da base política dele, que estaria preocupado também em expor as pessoas que enviaram e receberam as fotos de “partes íntimas”.

A PF não foi procurada, porque a corporação não costuma comentar esses detalhes de investigações, mas um experiente policial foi contatado e disse que o conteúdo do celular do vereador será, cedo ou tarde, exposto no inquérito.

A partir destas informações, já há uma corrida contra o tempo e o vereador estaria pensando até em confessar parte do crime em troca de se tornar desnecessária a análise de suas conversas com seus namorados e “ficantes” que, segundo se comenta nos meios políticos jiparanaenses, não são poucos.

Fonte: Folha do sul

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *