Noticias

ARIQUEMES =Motociclista sofre quesa na BR 364

Terceira vítima em três dias seguidos também teve buracos como causa do acidente

         20 de maio de 2020                                matéria                                       Cézar Júnior

pós no fim de semana uma jovem ter sua vida ceifada em um trágico acidente em decorrência de buracos na rodovia Br-364, e na segunda-feira, 18/05, um motociclista ter sua perna fraturada em decorrência de outro acidente envolvendo buracos na via, pelo terceiro dia seguido, no início da manhã desta terça-feira, 19/05 por volta das 8 horas, a Br-364 faz mais uma vítima de acidente em decorrência de seus buracos. O fato ocorreu no perímetro sentido Porto Velho, logo após a ponte do Rio Branco em Ariquemes, onde provocou um engarrafamento quilométrico de veículos. O jovem motociclista, que conduzia a motoneta Honda/Biz de cor preta sentido Porto Velho a Ariquemes, teve mais sorte que as vítimas dos dois acidentes anteriores, pois obteve apenas algumas escoriações leves na região de face. Populares que estavam no local informaram à equipe de reportagens do site Ariquemes190 e Canal 35.1 Digital, que o acidente teria ocorrido no momento em que o jovem passou pelo trecho onde existem dois buracos de grande proporção, o que fizeram o condutor perder o controle da direção do veículo e vir a cair ao solo. O rapaz teve muita sorte, pois atrás dele seguia uma carreta tanque que poderia ter o atropelado. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada e esteve no local, onde realizou todos os trabalhos pré-hospitalares, imobilizando a vítima em prancha rígida, com colar cervical e red block, onde conduziu em seguida o rapaz à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para ser avaliado pela equipe médica de plantão. Patrulheiros da Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram o controle do tráfego em auxílio aos socorristas, onde posteriormente, após coleta de dados, fizeram o registro do fato em Boletim de Ocorrência…

Fonte : Ariquemes 190

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *