Noticias

Três cantos= novo tipo de golpe faz vitimas em Ouro Preto do oeste prejuízo entre 20 e 40 mil reais

19 de dezembro de 2020                          matéria : Cézar Júnior

O que atrai as vítimas é o preço mais baixo, a oportunidade de adquirir algo que vale bem mais do que o anunciado pelos estelionatários.

A Polícia Civil de Rondônia, através da Delegacia de Ouro Preto do Oeste, divulgou esta semana que o número de golpes, denominados pela modalidade “três cantos”, estão aumentando no estado, quem negocia veículo e imóveis em sites de vendas deve ficar atento.

  A PC registrou na cidade três ocorrências somente nesta semana, as vítimas todas moradores de Ouro Preto do Oeste perderam entre R$ 20 mil a R$ 40 mil. Um mototaxista depositou para um golpista o dinheiro que juntava para comprar um carro; outra vítima perdeu parte do dinheiro que juntava para comprar um imóvel.

No golpe três pessoas que estão envolvidas nestes fatos: o vendedor, o comprador e o golpista. Vale relembrar que vendedor e comprador são duas pessoas de boa-fé e ambos serão vítimas do golpe.

O golpe é um crime de estelionato tipificado no artigo 171 Código Penal e é aplicado da seguinte forma: A pessoa interessada em vender o seu veículo, imóvel ou moto posta seu anúncio online em sites especializados de revenda de veículos, normalmente em sites diferentes da OLX.

O criminoso encontra este anúncio, se apodera das fotos e posta um novo anúncio (só que no site da OLX). Neste novo anúncio agora no site da OLX, a casa, veículo ou moto, passam a ser ofertado pelo criminoso por um valor muito atrativo, sempre abaixo do valor de tabela FIPE.

O número de WhatsAapp não é mais do vendedor e sim do criminoso, como se ele estivesse vendendo o produto. A pessoa interessada é atraída por este anúncio do veículo no site da OLX e entra em contato pelo whatsapp com o criminoso, solicitando maiores informações sobre a casa, moto, veículo etc.

O criminoso normalmente agindo bem articulado, demonstrando fala muito bem elaborada, sem levantar nenhuma suspeita, presta todas as informações solicitadas pelo potencial comprador.

Por fim, diz que está vendendo o veículo para o seu cunhado em troca de uma comissão pela venda. À medida que a negociação com o golpista evolui, o comprador demonstra interesse em conhecer o veículo, solicitando ao golpista uma vistoria presencial, para que possa ser concretizada a compra caso o comprador goste do veículo.

O golpista diz que irá agendar a visita do comprador com o seu cunhado (o vendedor); Informa também que, no momento da vistoria, caso decida ficar com o veículo, o comprador deverá fazer o depósito bancário nas contas bancárias fornecidas pelo golpista (atenção: são contas bancárias de terceiros (laranjas), que não estão em nome do vendedor).

Para agendar a visita, o golpista estabelece um primeiro contato com o vendedor pelo Whatsapp (ele nunca aparece) e, munido de documentos furtados ou documentos falsos, se apresenta como empresário ou como advogado, ou através de qualquer outra profissão que passe credibilidade

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *