Noticias

JARU = Mulher tenta se matar com gilete e faca após confusão em festa natalina : dois homens e ela foram conduzidos

25 de dezembro de 2020                           matéria : Cézar Júnior

Uma guarnição de serviço do 8º Batalhão de Polícia Militar foi acionada na madrugada desta sexta-feira (25), feriado de Natal, para averiguar uma situação de briga generalizada na esquina da avenida Dom Pedro I com a rua Ermano Santos, no Setor 07, em Jaru.

Ao chegar no local, se deparou com um homem de 39 anos de idade, que estava sem muito equilíbrio e condenação motora diante de sua embriaguez, além de estar com sangue pelo corpo proveniente de um ferimento em sua cabeça. Em seguida apareceu uma mulher de 34 anos, totalmente alterada, gritando e brava com o homem de 39 anos.

Depois apareceu o proprietário da residência, de 44 anos, com manchas de sangue pelo braço, dizendo que houve uma briga, que diante dos fatos, recebeu voz de prisão e foi colocado na viatura.

O outro envolvido recebeu os primeiros cuidados do Corpo de Bombeiros, que havia sido acionado, e também recebeu voz de prisão e foi colocado no camburão da viatura do Patamo.

Porém, ao retornar à residência onde havia acontecido a confusão para averiguar se havia mais alguém lesionado, os policiais se depararam com a mulher de 34 anos de auto lesionado com uma gilete, cortando os próprios pulsos e totalmente alterada. Ela também pegou uma faca que estava no sofá e começou a forçar em seu próprio pescoço. Os PMs tentaram convencê-la a a parar, mas ela passou a forçar a faca contra a própria barriga.

Quando a mulher se sentou no sofá, os militares conseguiram pegar a faca que ela havia soltado. A guarnição tentou imobilizá-la, mas ela se jogou no chão, colocou a lâmina de gilete na boca e começou a mastigar,
quebrando o metal cortante em sua boca.

Como o Corpo de Bombeiros já estava atendendo outra ocorrência, a guarnição conduziu a mulher para o hospital, onde foi medicada para se acalmar e recebeu curativos.

Diante dos fatos, os três conduzidos passaram pelo Exame de Corpo de Delito, tendo os dois homens sido apresentados na Unisp de Jaru e posteriormente a mulher também deverá ser apresentada para as providências cabíveis.

Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *